OLHO NA CIDADE

CURA DÁ UM PRESENTÃO PRA CIDADE! #COOL05/12/17

A gente conta quais são os prédios pintados desta vez

O CURA – Circuito Urbano de Arte já foi notícia no ND várias vezes (veja aqui), e agora com a proximidade da comemoração dos 120 anos de BH - no dia 12!- eles voltam para anunciar o presentão que vão dar de níver para a cidade.

Uma obra de Millu Correch

Duas novas obras vão começar a tomar corpo no próximo dia 6 de dezembro, quarta. Elas serão pintadas por Davi Melo Santos, conhecido como DMS. “Ele tem 20 anos de graffiti e é considerado o maior nome da arte urbana de BH”, conta Juju Flores, lembrando que ele vai pintar o Edifício Príncipe de Gales, que fica na rua Tupinambás, número 179, Centro da capital. 

Obra de DMS

                                                      

Outro nome que também participa desta, que é uma prévia da edição 2018 e que tem previsão para rolar em julho, é Milu Corresh. “Expoente do novo muralismo argentino, vai pintar a Garagem São José, edifício com 56 metros de altura.Com esta pintura, ela será a artista mulher com o mural mais alto da América Latina. Hoje esse recorde é da Priscila Amoni, que pintou o Hotel Rio Jordão com 50 metros de altura” lembra Juju.

 Já entre o dia 12 e 17 deste  mesmo mês, na parte que vai do galpão Benfeitoria (nº153) até a av. Francisco Sales, entre 16h e 22h, o público poderá acompanhar os trabalhos dos artistas ao som de ótimos DJ's e comidinhas de diversas bikefoods. A curadoria do line-up ficou a cargo de Luiz Valente, da Vinyl Land.

O último dia do festival será especial: todas as empenas – seis no total – serão iluminadas pela CEMIG, que patrocina o evento. As luzes serão permanentes e ficarão acesas diariamente das 19h às 22h. 

#artenacidade

JR MENDES (DA REDAÇÃO)

FOTOS DIVULGAÇÃO/CURA




COMPARTILHE A MATÉRIA


COMENTÁRIOS




MENSAGEM




FACEBOOK